Lígia Nottingham

TOMBOY: roubando peças do guarda roupa masculino

27 de outubro de 2016

img_4470-33

Fotografia: Ícaro Farias

Modelo: Renata Boscono – Romualdo Casting

Beleza: Maryana Martins

Produção: Lígia Nottingham

O estilo que usa elementos do guarda roupa masculino é uma das principais tendências de moda atual.

“Tomboy” era o termo que se utilizava para chamar meninas que tinham características e comportamentos típicos dos meninos. A tendência faz link com o movimento transgênero que têm crescido mundialmente e pede uma melhor aceitação e liberdade para que homens e mulheres possam se vestir como bem entendem, mesmo que isso signifique usar roupas do guarda roupa do sexo oposto. O que num primeiro olhar passa pelas vestimentas, na verdade se trata de uma ideia bem mais profunda que defende a androgenia, a liberdade de expressão, além de envolver uma luta feminista, colocando a mulher num novo patamar na sociedade, numa tentativa de igualar os direitos e deveres dos gêneros.

Em termos de moda, toda essa revolução se transforma em mulheres adaptando o guarda roupa masculino para uso delas. Cores sóbreas, camisarias, gravatas, suspensórios e sapatos masculinos são as peças-chave. Não é preciso usar tudo junto, basta alguns desses detalhes e o estilo já acontece. O suspensório é a peça que mais renova o look, enquanto o sapato Oxford garante a tendência sem grandes riscos. Para dar um toque feminino e ainda mais diferenciado, as camisas de botão com estampas são perfeitas. Essa tendência funciona para mulheres de personalidade forte, que não têm medo de serem protagonistas de suas próprias vidas e relacionamentos, nem têm medo de passar essa ideia de mulher bem resolvida.

“Cores sóbreas, camisarias, gravatas, suspensórios

e sapatos masculinos são as peças-chave”.

img_4523-101-copiar

img_4497-60-copiar img_4469-32-2-copiar

A Moda pede pausa

19 de setembro de 2016

img_9766-copiarVocê já parou para pensar nesse momento de transição que estamos vivendo? Talvez não, porque o parar está cada vez mais raro. Num movimento constante e rápido que vivemos a busca da felicidade no dia a dia, nos falta, muitas vezes, um momento de refúgio para pensar não só na meta, mas no caminho. A própria moda, que é, no seu princípio, um sistema em busca de novidades, se viu atropelada pela própria velocidade. As grandes marcas já estão pensando em como desacelerar esse movimento, para elas talvez seja um pouco mais difícil reverter essa dinâmica. Mas para novas marcas que já nasceram nessa cultura, o movimento é natural.

blog-ligia-nottingham-01

CATARINA MINA – Pausa e Momentos Privados

www.catarinamina.com.br (@catarinamina)

O trabalho handmade da CatarinaMina, por exemplo, já foi conceituado como um artesanal-com-bossa, com sex appeal. Conceito que casa perfeitamente com o planejamento da marca em atender uma mulher que se preocupa com quem construiu seu produto, criou, distribuiu, mas também em estar bonita, charmosa, com um produto exclusivo em mãos. Com a preocupação em respeitar o tempo e o trabalho artesanal, a marca foi a primeira do segmento de moda a abrir os custos no Brasil, e hoje é possível constatar no site da Catarina Mina quanto do investimento vai para cada parte da cadeia. A marca foi premiada pelo ECOERA, prêmio de sustentabilidade idealizado por Chiara Gadaleta da VOGUE por esta iniciativa. Uma causa que envolve o slow fashion e os conceitos de fairtrade, e se insere em movimentos mundiais como o Fashion Revolution, campanha para a erradicação do trabalho escravo nas marcas de moda.

Em novo ensaio lançado nessa semana, Catarina Mina fala de tempo, de pausa, dos momentos privados, de encontro e que são cada vez mais raros na nossa contemporaneidade. E também de cor e pertença. Quanto tempo temos dentro desse ambiente do qual descendemos? Colora Nativa, esse ensaio que a marca apresenta, condensa essas questões nos cliques! Dispor do tempo sem estar a mercê do corre-corre que a vida do século XXI, é hoje o verdadeiro um luxo. A empresa se alinha com movimentos que ganham força, respeitam o tempo e, principalmente, o outro.

blog-ligia-nottingham1-01

PIMENTÁ – Refúgio, emoção e lembranças

www.pimentah.com.br ( @pimenta_ )

A leve e colorida Pimentá (re)desperta um olhar sensível e cheio de poesia na nova coleção Refúgio. A proposta não é exatamente ir contra a vida agitada, mas propor mais apreciação e paz de espírito, ressignificar e valorizar o que há de mais simples e que nos conecta com nós mesmos, com a nossa família e amores, nosso passado, presente e futuro. Uma parada para respirar e perceber todas aqueles momentos maravilhosas que muitas vezes passam despercebidos durante o processo de atingir metas.

A coleção Refúgio da Pimentá traz a mistura de todas essas emoções, lugares e lembranças que nos revitalizam e chega às araras em forma de modelagens leves e recortes que prezam sempre pelo conforto e a feminilidade. Busca Fomos a conexão com as lembranças e a simplicidade através dos botões cobertos e pregados à mão, além dos lindos botões casca de ostra que a natureza nos proporciona. E entrega em cores alegres e intensas energias que trazem bons sentimentos. O mostarda, para transmitir luz, descontração, otimismo e alegria. O pink para acrescentar a suavidade e a delicadeza. O verde-água e o turquesa para simbolizar a tranquilidade, serenidade e harmonia.  E o coral, que é a cor das boas novas, da independência e da intuição.

 

3 looks campeões para usar nas Olimpíadas

25 de julho de 2016

Blog Lígia Nottingham-01

Recebi o convite da Farfetch para escolher três looks que eu usaria durante as olimpíadas, sendo eles divididos em três categorias estipulados pela própria empresa de e-commerce.

Sem limites no orçamento, podendo escolher qualquer peça que está à venda na plataforma de compras, fiz a minha seleção para cada momento com o olhar atento às peças que eu mais amei e às tendências que estão em alta, olha só:Blog Lígia Nottingham-03

Vestido | Clutch | Sandália

1. Look Ouro – Badalação: Esse vestido da Martha Medeiros é um sonho de consumo para toda mulher que valoriza o trabalho artesanal do nosso país e adora um estilo girlie. Super feminino, acho que essa peça consegue colocar a renda em seu melhor estado, mixando com um tecido luminoso e estruturado numa trabalho super bem acabado. Além disso, acho o vermelho glamuroso para a noite e o dia, é uma cor que eu sei que preciso apostar mais. Para acompanhar escolhi a clutch Alexander McQueen por ter um toque fofo e divertido, para descontrair um pouco e deixar o vestido mais esportivo.  A sandália delicada, no mesmo tom, criando uma monocromia elegante.

 

Blog Lígia Nottingham-04

Maiô | Saia | Bolsa | Brinco | Sandália

2. Look Prata – Passeio de fim se semana: Por nada nesse mundo eu iria ao Rio e perderia um bom banho de mar, por isso esse maiô da Dolce&Gabbana foi a base da minha seleção de passeio (que por mim não precisaria ser no final de semana, qualquer dia vale…). Eu ficaria assim, prontinha para um tchibum e uma remada de stand up, mas com o restante do look à tiracolo para já emendar num drink pós praia na cobertura de um dos hotéis na orla de Ipanema (já escutou a rolha do champs papocando?)  Sem necessidade de trocar de fato a roupa, a saia vai por cima do maiô, a bolsa de palha acompanha o clima, mas é super chic e retrô, do jeito que eu gosto. A Plataforma confortável vai do dia à noite e um brinco style para dar aquele toque glam sem esforço.

 

Blog Lígia Nottingham-05

Vestido | Colar | Bolsa | Tênis

3. Look Bronze – Jogos Olímpicos: Para assistir os jogos nada melhor que entrar no clima esportivo! Eu adoro quando um look mixa o feminino com o sport wear, como nessa produção que esbanja feminilidade com o vestido rodado, mas vai acompanhado de tênis e bolsa branca. Os tênis hoje existem para todos os estilos, estão cheios de detalhes, patches, brilhos, correntes… dá para escolher um que seja a sua cara. O meu preferido é esse da Yves Saint Laurent cheio de estrelinhas douradas, a cara do sucesso, do tipo: Já ganhou! E para dar um up! no estilo, eu apostei num maxi colar com pedrarias, afinal, eu prefero estar sempre pronta para uma esticadinha num barzinho charmoso. Tim tim!

Vontade de usar texturas

21 de julho de 2016

L Nottingham- 01

 

Tem alguma coisa nesse mundo mais chic que texturas? Eu sou apaixonada por elas!

Se por um lado esse tipo de peça é difícil de manter e cuidar, por outro elas causam furor! Dão vida ao look, são poéticas, divertidas, criativas…

Meu lado perua não dispensa um frufru, umas pluminhas ou peninhas… mas se você não gosta de exagerar, os tassels e pompons vêm com tudo para dar um toque de textura às roupas e acessórios.

Eu amei esse editorial que aposta nas texturas como elemento principal. Paixão pelo primeiro e último look.

L Nottingham- 02 L Nottingham- 03 L Nottingham- 04 L Nottingham- 05 L Nottingham- 06

A tendência mais quente desse verão: ombro a ombro

19 de julho de 2016

Blog Lígia Nottingham-01

Se você ainda não comprou o seu look ombro a ombro, se prepare… é muito provável que ele venha a ser um desejo absoluto desse verão e promete aparecer nas araras de todas as lojas.

Ainda sofrendo a influência do estilo setentista que parece não cansar de se repetir, o corte “off the shoulder”(em inglês) ou ombro a ombro vai ser febre da próxima estação. Usar blusinhas florais com pegada hippie vai ser a forma mais fácil de usar… e a mais óbvia também. Isso que não é nenhum problema se você tem 17 anos (ou menos), ou se o seu estilo de vestir já tem uma pegada hippie chic, mas para mim é praticamente inviável.

Se você tem mais de 30 anos, como eu, é bem provável que as cinco formas abaixo sejam mais elegantes e combinem melhor com seu corpo e com o seu status de mulher adulta.

Eu não posso falar por vocês, mas o fato é que quando eu for usar essa tendência, eu gostaria de usar assim:

1. Para fazer o estilo “gatinha” no final de semana, uma blusa de chiffon com uma certa transparência e muito volume para acompanhar o shortinho jeans curto. O que eu não usaria: shortinho curto + blusinha colada.

2. Para usar essa tendência no trabalho, eu optaria por uma blusa soltinha, sem tranparência e com o corte um pouco mais próximo ao pescoço. As mangas mais longas também são importantes, no trabalho a regra é: se você vai mostrar um pouco mais aqui, esconde um pouco mais ali… portanto, ombros de fora = mangas longas.

3. Se você pretende usar esse corte no estilo elegância, pense em cortes retos, alfaiataria e tecidos mais encorpados. O look 3, que também é a capa desse post é o meu favorito. Lindo e chic! O fato da blusa ser comprida também ajuda muito, sempre lembrando que se falta aqui, sobra ali…

4. Vestidos longos são sempre coringas, permitem ir do trabalho à festa mudando os acessórios… no caso dessa tendência, mas uma vez eu teria cuidado com a pegada seventies e evitaria o floral para não ficar com cara de quem vai para a praia (a não ser que você de fato vá…). O liso ou estampas geométricas sáo mais elegantes.

5. Acredito que a peça mais versátil dessa trend é o vestidinho solto com ombros de fora. Muitos virão acompanhados de babados na altura do busto ou nas barras. Esse modelo por si só já é fofo, com um design feminino e infantil, por isso eu apostaria no charme do monocromático com acessórios em couro e ferragem. Também vale uns acessórios mais pesados.

Blog Lígia Nottingham-02

Últimas do Instagram | @ligianott

Dear readers, because it is a commercial media, this blog may have promotional content.
Queridas leitoras, por se tratar de uma mídia comercial, este blog pode ter conteúdo promocional.


Lígia Nottingham | 2015